ES PT
PE Labellers news
Noticias

O MERCADO DE 7 BI DE LITROS

DOWNLOAD PDF

PE Labellers - O MERCADO DE 7 BI DE LITROS

BRASIL E 4º MAIOR DE PRODUTOR ÁGUA ENGARRAFADA; SETOR CRESCE 7,6% AO ANO NO MUNDO E JÁ BATE O DE REFRIGERANTES.

O mercado nacional de águas engarrafadas cresceu cerca de 10% ao ano nos últimos três anos, quem computa esse numero é a ABINAM, Associação Brasileira da Indústria de Águas Minerais. O presidente da instituição, Carlos Alberto Lancia, diz que 35 empresas respondem por 50% da produção nacional.

Dados da Associação Internacional de Águas Engarrafadas indicam que o Brasil ocupa o 4º lugar no ranking mundial de produtores. Consome mais água engarrafada que países como Itália, Alemanha, França e Espanha. E fica atrás dos Estados Unidos, México (que crescem, em média, 8,5% ao ano) e da China, cuja demanda aumenta 17,5% a cada ano. A taxa média de crescimento mundial é de 7,6% ao ano. Em 2007, por exemplo, foram consumidos 206 bilhões de litros de água vendida em garrafa. O mercado faturou cerca de US$ 100 bilhões naquele ano.

"A água mineral brasileira é uma das mais baratas do mundo", diz Lancia. Segundo o presidente da ABINAM, o consumo mundial dessa água ultrapassou a venda de refrigerantes.

O crescimento do mercado também ajudou a expandir a oferta e variedade de produtos. Se antes o consumidor tinha a opção de comprar água com gás, agora encontra no supermercado águas saborizadas, um misto de mineral com refrigerante. Algumas marcas ainda investiram no mercado de luxo, como a americana Bling H2O. A empresa trata a água diversas vezes antes de envasá-la em garrafas com formatos especiais. Lançadas em edições limitadas e geralmente adornadas com cristais Swarovski, as garrafas da Bling H2O custam de US$ 20 a US$ 65.

Plástico

Um dos problemas enfrentados pela indústria de água mineral é o plástico produzido para fabricar a garrafa, derivado do petróleo e do gás natural, ambos recursos não renováveis. A fabricação de garrafas PET consome pelo menos 1,5 milhão de toneladas de plástico.

"No Brasil, as garrafas de água representam 0,003% do total de material plástico disposto em um supermercado", explica Lancia. De acordo com a Abinam, o mercado nacional recolhe 55% das garrafas PET produzidas. Além disso, 60% do mercado é de água vendida em galões de 10 e 20 litros, que são retornáveis, o que ajuda a diminuir a poluição.

NÚMEROS

- 100 bilhões foi o faturamento, em dólares, do mercado internacional de águas engarrafadas, em 2007

- 6,8 bilhões de litros de água mineral foram produzidos e consumidos no Brasil em 2007

- 10% é o índice de crescimento do mercado nacional nos últimos anos

- 60% dos garrafões comercializados no Brasil tem entre 10 e 20 litros

Colaborou Bruno Versolato

 

FONTEhttp://sustentabilidade.estadao.com.br/noticias/geral,o-mercado-de-7-bi-de-litros,342621